De 25 abril a 25 junho de 2017 / 21:00h - 19:00h
Grupo Gattu, contemplado com IV Edição do Prêmio Zé Renato de Teatro para a cidade de São Paulo, apresenta: A Falecida

Eloísa Vitz, que já dirigiu 5 peças de Nelson Rodrigues, volta ao dramaturgo com a história de Zulmira, uma mulher obcecada pela ideia da própria morte e que planeja  um enterro de luxo para compensar sua vida suburbana.

 

Comemorando 17 anos, o Grupo Gattu volta à bem sucedida pesquisa das obras de Nelson Rodrigues e fica em cartaz até o dia  25 de junho com o  espetáculo “A FALECIDA”.   Sessões aos sábados às 21h e domingos às 19h. Os ingressos são gratuitos.

 

As outras incursões do Grupo Gattu ao universo rodrigueano lhes renderam o convite para os festivais Ibero Americano de Teatro (com “Viúva, porém honesta”, em 2009, e “Boca de Ouro”, em 2011), de Curitiba (“Dorotéia”, em 2010) e São José dos Campos (“A Serpente”, em 2012), além de figurarem entre os melhores espetáculos em cartaz na cidade de São Paulo pela Revista Bravo e Revista Veja.

 

foto Claudinei Nakasone

 

 

“A FALECIDA” é uma obra ousada, emocionante e cheia de humor mordaz. Assombrada pela moral e fascinada por uma ideia fixa de morte purificadora, Zulmira percorre funerárias planejando seu próprio enterro com pompas e cerimônias. A fim de se igualar a castidade de sua prima, desafia sua família e contraria seu marido, um homem desempregado e igualmente fanático, mas por futebol.

 

Esta montagem foi contemplada com a “IV Edição do Prêmio Zé Renato de Teatro para a cidade de São Paulo”. O Grupo Gattu  sentiu-se honrado com este prêmio da Secretaria Municipal de Cultura que contempla trabalhos cujas pesquisas são referências para a cultura do país. “Seguimos com orgulho o trabalho de elevar a memória do nosso maior dramaturgo trazendo aos palcos sua obra repleta de humor cáustico, provocação e sensualidade” comemora Eloísa Vitz, que também é a mulher que mais dirigiu espetáculos de Nelson Rodrigues no Brasil. 

 

foto Claudinei Nakasone

 

 

A Falecida

Texto: Nelson Rodrigues

Direção: Eloísa Vitz

Assistente de Direção: Miriam Jardim

Elenco: Eloisa Vitz, Miriam Jardim, Daniel Gonzales, Laura Vidotto, Mariana Fidelis, Lilian Peres, Rodrigo Vicenzo e Jailton Nunes.

Ator convidado: Darson Ribeiro

Estreia: 25 de abril de 2017

Temporada: 25 de abril a 25 de junho.

Sessões aos sábados às 21h e domingos às 19h.

Crédito das fotos: Claudinei Nakasone

Recomendação: 16 anos

Duração: 80 minutos

Cenário e Figurino - Heron Medeiros                       

Iluminação - Newton Saiki

Capacidade: 70 lugares

Temporada gratuita

Bilheteria abre uma hora antes do espetáculo.

Local: Teatro do Sol

Rua Damiana da Cunha, 413 - Santana.

Telefone: 11. 3791.2023

 

Sobre o Grupo

O Grupo Gattu atua há 17 anos na cidade de São Paulo trazendo ao público a excelência artística pautada na pesquisa cênica. Ao longo deste tempo, dezenas de espetáculos foram montados. O humor, a presença do essencial, os efeitos surpresa, o dinamismo, a sensualidade, a inovação criativa e o rigor estético, estão sempre presentes em suas encenações. O Grupo Gattu tem como meta a formação de plateia, acessibilidade, e a democratização da cultura e da arte, através de espetáculos que dialogam diretamente com seu público.

Leia mais: http://www.gattu.com.br/

 

Sobre Eloisa Vitz

Eloisa Vitz é diretora e atriz do Grupo Gattu há 17 anos. Cursou a EAD – Escola de Artes Dramáticas da USP. É Bacharel em Direito e Letras e Pós- Graduada em História da Arte. Também é a mulher que mais dirigiu espetáculos de Nelson Rodrigues no Brasil.

Como atriz, destacou-se no grupo TAPA com os seguintes espetáculos: “As Viúvas”, de Artur Azevedo, sob direção de Sandra Corvelone; “Contos de Sedução”, de Guy de Moupassant; “A Importância de Ser Fiel”, de Oscar Wilde, e “Camaradagem”, de Stringberg (premiado como melhor espetáculo pela APCA 2007, pela Associação Paulista dos Críticos de Arte), todas sob direção de Eduardo Tolentino.

 À frente do Grupo Gattu realizou entre outros, os espetáculos: “Auto da Barca do Inferno” de Gil Vicente (2008), “Viúva porém Honesta” de Nelson Rodrigues (2008/ 2009/2011), “Dorotéia” de Nelson Rodrigues (2008/2009/2010/2011),“Boca de Ouro” de Nelson Rodrigues (2010/2011/2012); “Serpente” de Nelson Rodrigues (2011/2012). São de sua autoria os textos das peças  “Rapunzel” (2012/2013/2014) – indicado ao Prêmio Femsa de melhor texto adaptado para teatro infantil, “Frisante” (2013),  “Reino” (2014) - vencedor do prêmio de melhor texto do Portal R7,  “Reino 2” (2015), “Amor” (2015) , “Cinderela” (2016) e “Fortuna”(2016)

 

 

Clique para habilitar o mapa
Local: Teatro do Sol Rua Damiana da Cunha, 413 - Santana